Saúde e Bem Estar Redação

Queda de cabelo dos bebês. É normal?

Muitas são as preocupações das mamães em relação aos cuidados diários com o bebê, e uma das mais comuns é em relação ao crescimento dos cabelos nos recém-nascidos.

Será que a lavagem está sendo feita da forma correta? Devo pentear o cabelo do meu bebê? Essas questões são muito comuns e demandam atenção especial.

Seja na lavagem, manuseio ou na hora de pentear devemos sempre ter cuidado com o couro cabeludo, conforme orientação da Sociedade Brasileira do Cabelo o indicado é que seja evitado movimentos mais bruscos no momento do pentear ou da lavagem, pois podem sim ocasionar queda de cabelo em bebês.

O cabelo do ser humano, independente de ser criança ou adulto, tem uma perda diária de aproximadamente 100 fios, nos casos dos bebês deve-se ter uma observação maior na incidência de falhas no couro cabeludo e procurar um médico o mais rápido possível.

Quais os motivos que levam a queda do cabelo em bebês?

A queda de cabelos nos bebês pode ter diversas causas, como:

  • Falta de nutrientes: a falta de determinados nutrientes pode levar à queda capilar em crianças, dentre os nutrientes que afetam diretamente o crescimento e força no fio capilar estão o cobre, zinco, ferro e a vitamina B12.
  • Alteração na função da tireoide: no caso de ocorrer alguma alteração na tireoide, ela pode levar à queda de cabelos em crianças, quando existe qualquer tipo de distúrbio o indicado a se fazer é buscar tratamento adequado.
  • Atrito da escova no couro cabeludo: outro fator que pode desencadear diminuição de cabelos nos bebês é por meio da escovação, procure sempre utilizar escova com cerdas macias e adequadas para essa idade e faça a escovação de forma cautelosa, sem agredir o couro cabeludo. Caso aconteça choro do bebê durante a escovação pode significar que você está passando do ponto.

O fio de cabelo do bebê tem a estrutura semelhante à penugem ou pelos do braço, ela tem função protetiva do couro cabeludo e é extremamente frágil. Nos primeiros dias de vida do recém-nascido podem vir a ocorrer a sensação de que estão caindo mais cabelos do que o normal, porém é extremamente natural essa queda, pois nesse período também existe a troca dos fios, nesse caso da penugem.

Queda de cabelo dos bebês
Queda de cabelo dos bebês

Nesse período é indicado que as mamães evitem passar a mão na cabeça da criança ou façam escovação em excesso. Assim como também, deve-se evitar a lavagem com xampu.

Procure utilizar um sabonete infantil nessa região, e faça a lavagem com movimentos suaves e sem muita pressão, essa recomendação é feita por pediatras e deve ser mantida até os primeiros seis meses de vida.

Outro motivo muito comum que pode vir a ocasionar queda de cabelos em bebês é a posição que o bebê tem o hábito de dormir, se ele frequentemente dorme do mesmo lado, a tendência é que os cabelos que ficam “amassados” durante o sono ficarão mais fracos e devido à fricção feita contra o travesseiro ou cama, eles cairão com mais frequência.

Isso é normal ocorrer, caso os pais queiram ir modificando a posição do bebê ao dormir, façam cautelosamente e sem que eles se sintam desconfortáveis.

Lembrando que durante os primeiros seis meses de vida, ocorre a troca constante de penugem e que só após esse período é que o cabelo irá tomar uma forma mais completa.

Fique atenta se após esse período a queda se intensificar e busque um pediatra imediatamente.

Mudanças na fibra capilar e na coloração do cabelo dos bebês.

Nessa fase dos primeiros 180 dias de vida, os cabelos do recém-nascido sofrem diversas modificações em sua estrutura e coloração, na estrutura como já vimos ele passa do estado de penugem protetora para a cobertura completa da cabeça por fios mais consistentes, semelhantes aos cabelos de um adulto.

A fibra mais fina toma forma após o período de seis meses, no começo da vida do bebê por ser uma estrutura frágil, esse fio tende a encaracolar e se tornar mais encorpado.

Isto ocorre naturalmente e leva ao engrossamento do fio, deixando-o mais pesado e com a tendência de tomar a forma genética, a qual ele está preestabelecido a ser.

Também pode ocorrer alteração na coloração, isso se dá devido o nível de melanina aumentar ao longo dos anos e a pigmentação consequentemente ser estimulada com mais intensidade nesse período.

O que irá denotar uma cor diferente daquela que o bebê teve nos primeiros dias de vida.

E quando o bebê é completamente carequinha?

Se seu bebê é carequinha por completo, que fique claro aqui que não há problema algum nisso, ok?

De acordo com especialistas o recém-nascido precisa ter a penugem na cabeça como forma de proteção até o segundo mês de vida. Isso se dá porque durante a gestação, o bebê já possui a proteção adequada dentro do útero, pois a temperatura é constante, o que dispensa a presença de cabelos no couro cabeludo.

Essa necessidade se dá após o nascimento, por isso o esperado é que a penugem esteja por completo na cabeça do bebê até que se tenha completado, os primeiros 60 dias de vida.

Porém para os bebês carequinhas é ideal que o couro cabeludo tenha a aparência saudável, com a textura macia, lisa e sem descamações e áreas com vermelhidão.

Se no caso o bebê tiver algumas falhas no couro cabeludo, nas laterais ou nas entradas também é tido como normal esse posicionamento da penugem durante os primeiros dias de vida, evite utilizar toucas e chapéus por muito tempo nessa fase para que não ocorra o abafamento dos fios nessa região e consequentemente o enfraquecimento dos fios.

Agora que você já sabe como cuidar da higiene e escovação dos cabelos de seu bebê, assim como também entende por qual motivo podem ocorrer queda de cabelos nessa fase da vida.

Ficou mais fácil compreender que há situações que são completamente normais e outras que exigem mais atenção e cuidados específicos e assim pode observar de forma assertiva o desenvolvimento de seu filho.

Sou Marília Tannuri Verni – Mãe de 2 meninos (Ian – 11 anos e Lorenzo – 5 anos), publicitária, idealizadora do portal Grávida em Campinas e proprietária da loja infantil on line Petit Papillon Bebê & Criança. Uma apaixonada pelo universo infantil e por todas as chances que a maternidade nos proporciona.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.